Como fazer

Para quem não é familiarizado com a cultura ucraniana, ou para quem é e não lembra direito como se faz uma pêssanka, este tutorial vai mostrar, de forma resumida, como escrever uma pêssanka. 

Por mais estranho que pareça a expressão "escrever pêssanka" a quem não está habituado, ela está correta, não se usa dizer "pintar uma pêssanka". 

Para se escrever uma pêssanka colorida você vai precisar dos seguintes itens:

Ovo, Lápis, Algodão, Vinagre, Papel Toalha, Pena, Cera de Abelha, Vela, Tintas e Verniz.

Os ovos que utilizamos para fazer nossas pêssankas são os de codorna, galizé, galinha, pata, gansa ou avestruz. Neste tutorial mostraremos como fazer uma pêssanka em ovo de galinha branco.

Uma observação muito importante: Não existe tinta branca para colorir uma pêssanka então cada vez que você olhar um detalhe branco em uma delas é porque aquele lugar não foi colorido artificialmente, está com sua cor natural: o branco da casca do ovo.

Olhe bem e escolha um ovo sem defeitos na casca e, principalmente, sem trincas. Se por algum motivo a casca trincar durante o processo a pêssanka inevitavelmente ficará manchada.

Escolhido o ovo é então feita uma leve limpeza com vinagre para tirar qualquer impureza que prejudique o processo de tingimento. A partir daí não se coloca mais diretamente as mãos no ovo, usa-se um um papel toalha para manuseá-lo para que a oleosidade das mãos não impeça a tinta de colorir o ovo.

Com esse devido cuidado é feita com um lápis a divisão básica da pêssanka, praticamente todas as pêssankas começam da mesma forma, com essa mesma divisão básica. 

A partir daí é que é escolhido o tema que será que será escrito na pêssanka, sempre respeitando a tradição do simbologismo ucraniano.

Definido o desenho, agora é a hora de proteger tudo o que vai ficar branco na pêssanka, pois os ovos são coloridos por imersão em tinta, ou seja, quando mergulhado na tinta tudo vai ficar daquela cor. Por essa razão tudo que é branco é feito primeiro, e é aí que a diversão realmente começa, e a dificuldade também.


Tudo que deve permanecer branco tem que ser coberto com cera de abelha. Simples de falar mas difícil de executar! Com auxílio de uma vela, cera de abelha, e um instrumento desenvolvido para isso e que é chamado de pena, (outros pessoas usam o cachimbinho) você começa a proteger as partes brancas do ovo conforme o que você definiu na pêssanka.


Depois de tudo coberto, é a vez da tinta amarela. Você faz a imersão do ovo na tinta amarela e então passa a cobrir de cera tudo que deverá permanecer amarelo, segundo a sua escrita.

Feito isso passamos à cor laranja e protegemos o que deve ser laranja.

Agora é a vez do Vermelho e também é feira a cobertura com cera de tudo que deve permanecer vermelho.

Finalmente chegamos à ultima: a cor preta. Como o último banho normalmente é o da cor preta, ela não precisa ser coberta com a cera de abelha. Depois de tirar da tinta a pêssanka está finalmente pronta, ou quase isso.

Ao final desse processo você estará com um ovo totalmente preto nas mãos, nesse ponto já não precisa segurar mais com um papel toalha. O interessante é que você terminou a pêssanka, mas não sabe como ela ficou, e daí então vem a parte mais prazerosa de se escrever pêssankas: a revelação!

Revelar a pêssanka é algo mágico, você leva o ovo preto que está em suas mãos até a lateral da chama da vela (nunca em cima da chama para não manchar com a fuligem) e aquece a cera até vê-la derreter, então passa-se rapidamente um papel toalha para retirá-la e por baixo de toda a cera, seu trabalho enfim começa a se revelar. 

Removida toda a cera, agora é só envernizar com o verniz vitral e esperar secar e sua pêssanka estará pronta!



2 comentários:

Vitoria Souza disse...

Que tipo de tinta é usada e qual e a quantidade que coloca na agua?

Anônimo disse...

também quero saber qual tinta se usa e quantidades de água e tintas